Portagens vão subir 1,83% a partir de 1 de janeiro

Depois de dois anos em que os preços não subiram

12 de novembro de 2021
Portagens vão subir 1,83% a partir de 1 de janeiro
As portagens das autoestradas vão subir 1,83% em Portugal no próximo ano. Como habitualmente, a inflação registada no mês de outubro determina a variação do preço a aplicar pelas concessionários a partir de 1 de janeiro do ano seguinte.
O INE divulgou hoje que o Índice de Preços no Consumidor (IPC) subiu em outubro 1,8% face a período homólogo e 0,3 pontos percentuais em relação a setembro.

A lei dita que o aumento das portagens de dado ano são estabelecidas através do cálculo da taxa de inflação homóloga sem habitação em Portugal continental verificada no último mês completo antes de 15 de novembro.

Esta é a data limite para as concessionárias de autoestradas comunicarem ao Governo as suas propostas de preços para o ano seguinte.

As portagens em 2020 e 2021 não sofreram aumentos devido à inflação negativa. Mas os quatro anos anteriores foram marcados por subidas: 2016 (0,62%), 2017 (0,84%), 2018 (1,42%) e 2019 (0,98%).

A legislação em vigor define que a atualização das taxas de portagens deve ser feita em valores múltiplos de cinco de cêntimos. Como em 2016 o aumento previsto era de 0,62%, na grande maioria dos troços e classes mais baixas não foi atingido o valor mínimo de atualização, e assim os preços mantiveram-se iguais aos de 2015, apesar da taxa de inflação ter subido, escreveu então a “Lusa”.

Fonte: jornaleconomico.sapo.pt

Adicionar comentário