Défice público diminui para 4% do PIB na zona euro

No trimestre em análise, Portugal verificou um défice orçamental de 1%

21 de janeiro de 2022
O défice público diminuiu na zona euro para 4% do Produto Interno Bruto (PIB) e na União Europeia para 3,7% no terceiro trimestre, segundo dados avançados pelo Eurostat esta sexta-feira. De acordo com a organização, verificaram-se “diminuições significativas nos défices em relação ao segundo trimestre de 2021, mas os défices permaneceram num patamar elevado face ao período pré-pandemia”.
“O rácio entre o défice e o PIB diminuiu devido a aumentos na receita total, reduções nas despesas totais, bem como a um PIB maior quando em comparação com o segundo trimestre de 2021″, explica o organismo de estatística da União Europeia. Ainda assim, as receitas e as despesas totais continuaram a ser influenciadas pelas respostas políticas à pandemia.

No trimestre em análise, Portugal verificou um défice orçamental de 1%. Em termos não ajustados, Portugal teve um excedente orçamental de 3,5%.

No terceiro trimestre, as receitas totais da zona euro ascenderam a 47% do PIB, um ligeiro aumento face aos 46,8% observados no trimestre anterior. Assim, a receita total cresceu para 53 mil milhões de euros. Na União Europeia foi de 46,5% do PIB.

Por sua vez, a despesa pública na zona euro fixou-se em 51% do PIB (que compara com os 53,2% no trimestre anterior), enquanto na União Europeia foi de 50,2%, diminuindo ligeiramente face aos 52,3% no segundo trimestre. As despesas da zona euro diminuíram 14 mil milhões de euros em comparação com os três meses anteriores.

Fonte: jornaleconomico.pt

Adicionar comentário