Repsol inaugura primeira central fotovoltaica nos EUA

A Jicarilla 2 tem uma capacidade total instalada de 62.5 megawatts

28 de abril de 2022
Repsol inaugura primeira central fotovoltaica nos EUA
A Repsol expandiu a operação e começou a produzir energia na sua primeira central fotovoltaica nos Estados Unidos. Situada no Novo México no condado de Rio Arriba, a Jicarilla 2 tem uma capacidade total instalada de 62.5 megawatts (MW) — suficiente para fornecer eletricidade a partir de fontes renováveis a 16 mil casas, evitando a emissão de cerca de 50 mil toneladas de CO2 por ano.
De acordo com o comunicado divulgado esta quinta-feira, a empresa está também a desenvolver, no mesmo local, outro projeto solar, o Jicarilla 1, com 62.5 MW de capacidade instalada e 20 MW de armazenamento de baterias.

Além da expansão para o Novo México, a Repsol pretende investir num projeto de 600 MW, no Texas, “que se tornará na maior central fotovoltaica do grupo e que deverá estar operacional no final de 2023”, informa a nota.

A aposta nos Estados Unidos vai em linha com o plano de ação da gigante que tem na mira a descarbonização da atividade. A empresa aumentou recentemente os seus objetivos de capacidade instalada mundial para seis gigawatts (GW) até 2025 e 20 GW até 2030, prevendo-se que 2.1 GW estejam operacionais nos Estados Unidos até 2025, atingindo os 7.8 GW no país até 2030.

O comunicado informa ainda que a energia renovável gerada pela central Jicarilla 2 será vendida pela PNM, “a maior fornecedora de eletricidade no Estado do Novo México e uma das principais na cidade de Albuquerque. Com este projecto, a cidade conseguirá atingir os 88% de uso de energia renovável nas atividades promovidas pelo governo local, apenas 12% menos do que o seu objetivo de ser 100% renovável.

Para além da cidade de Albuquerque, estas instalações irão fornecer energia renovável a outros municípios, entidades governamentais, tribais e educativas, bem como a grandes clientes comerciais como a Western New Mexico University, Walmart, o Condado de Santa Fe, o Condado de Bernalillo, a Cidade de Deming, o Condado de Grant e Silver City.

“Na Repsol, estamos muito entusiasmados com o facto de este projeto ser a nossa primeira central de energia renovável nos Estados Unidos. Através deste marco de expansão da nossa atividade global, reafirmamos o nosso compromisso de ser uma empresa com zero emissões de carbono até 2050”, disse Maria Victoria Zingoni, diretora da Unidade de Cliente e Geração Baixa em Carbono da Repsol.

“Este projeto é de extrema importância para Albuquerque – estamos agora entre os líderes nacionais, no que toca à adoção de energias renováveis pelos governos locais, mostrando como a transição energética está ao nosso alcance”, afirmou o Mayor de Albuquerque, Tim Keller.

Fonte: jornaleconomico.pt

Adicionar comentário