Lightsource bp vai investir 900 milhões em energia solar

Investimento em Portugal ao longo dos próximos seis anos

28 de maio de 2021
Lightsource bp vai investir 900 milhões em energia solar
A Lightsource bp, uma subsidiária da bp portugal, vai investir 900 milhões de euros na área da energia solar em Portugal. A empresa firmou uma parceria de co-desenvolvimento com a empresa local INSUN, que se traduzirá em cinco projetos solares de grande escala em Portugal. Em comunicado, é detalhado que estes projetos visam acrescentar mais de "1,35 GW de energia renovável com baixo teor de carbono à matriz energética de Portugal".
Estes projetos, que estão ainda numa fase inicial de desenvolvimento, estarão localizados nas regiões de Moura, Castelo Branco, Mogadouro, Chamusca e Viseu.

A Lightsource bp, uma subsidiária da bp portugal, vai investir 900 milhões de euros na área da energia solar em Portugal. A empresa firmou uma parceria de co-desenvolvimento com a empresa local INSUN, que se traduzirá em cinco projetos solares de grande escala em Portugal. Em comunicado, é detalhado que estes projetos visam acrescentar mais de "1,35 GW de energia renovável com baixo teor de carbono à matriz energética de Portugal".

Estes projetos, que estão ainda numa fase inicial de desenvolvimento, estarão localizados nas regiões de Moura, Castelo Branco, Mogadouro, Chamusca e Viseu.

Os investimentos visam também a criação de empregos na área da energia: é explicado que, no total, está prevista a criação de "mais de 3.000 empregos verdes" nestas regiões. Além da criação de emprego, o projeto contempla também a "aquisição de serviços locais, melhorias nas infraestruturas, respeito pela biodiversidade e iniciativas comunitárias".

Uma vez operacionalizados, estes projetos estarão em curso ao longo dos próximos 30 anos, "contribuindo para a criação de oportunidades de desenvolvimento económico de longo prazo, além da produção local de energia renovável", defende a empresa.

A Lightsource bp entrou no mercado ibérico de energia no final de 2018, primeiro com uma instalação em Madrid, e em 2019 através da instalação de um escritório em Lisboa.

"A energia solar está muito bem posicionada para que Portugal possa atender aos planos de expansão rápida no crescimento da sua capacidade local de geração de energia renovável, uma vez que tem excelentes níveis de irradiação, é de rápida implantação e apresenta custos baixos. Se Portugal for eficiente a adicionar rapidamente a capacidade de nova geração solar, permitirá a aceleração da descarbonização e contribuirá mais rapidamente para uma diminuição dos preços de energia elétrica", indica Miguel Lobo, responsável pela operação da Lightsource bp em Portugal.

"A acrescer a este facto, encontram-se as oportunidades com novas tecnologias como o armazenamento e o hidrogénio verde, que estão a atrair novos investidores na cadeia de valor da energia, representando um grande benefício para o nosso país", continua Miguel Lobo. O mesmo responsável frisa que estes projetos vão ser desenvolvidos "em parceria com os municípios e as comunidades locais", salientando as "imensas oportunidades económicas adicionais a explorar".

"Atrair um parceiro com a experiência da Lightsource bp é a confirmação da qualidade destes cinco projetos. A energia solar assume um papel preponderante na transição energética de Portugal. A escala deste acordo demonstra a dimensão desta oportunidade. Como empresa local, será extremamente gratificante colaborar com um líder internacional na produção de energia solar e trazer 1,35GW de energia limpa para Portugal", nota Henrique Rodrigues, CEO da INSUN.

Fonte:jornaldenegocios.pt

Adicionar comentário