Motores elétricos: por um mundo melhor

11 de dezembro de 2018
Segundo um estudo realizado pela LeasePlan, líder nacional no mercado do renting, mais de 50% das suas frotas teriam uma redução de custos se apostassem na eletrificação das suas frotas.
Um setor em mudança, a sustentabilidade do Planeta, uma exigência dos tempos. A mobilidade enfrenta desafios nunca antes vistos e obriga tanto ao desenvolvimento de novas tecnologias como a um novo comportamento das novas gerações. Hoje sabe-se que o transporte rodoviário tem uma contribuição significativa para a poluição do ar: estima-se que na Europa cerca de 20% das emissões totais de CO2 provenham deste setor, sendo que mais de metade dos carros que circulam nas estradas pertencem a empresas.

Tendo em conta que as preocupações ambientais ocupam um lugar de destaque na agenda dos governos, setor automóvel e condutores, o mercado dos veículos elétricos está em franca expansão. Os clientes corporativos estão a solicitar cada vez mais veículos elétricos como parte das suas estratégias globais de sustentabilidade e promoção de marca. Além disso, o custo de utilização dos veículos elétricos está a diminuir, e a melhoria constante da tecnologia das baterias e carregamento significa que a “ansiedade” relativamente aos elétricos está a tornar-se uma questão do passado.

Ao seu serviço: any car, anytime, anywhere.

Com 1,8 milhão de veículos sob gestão em mais de 30 países, a LeasePlan está empenhada em assumir um papel de liderança na transição dos motores de combustão interna para motorizações alternativas e tem como objetivo alcançar as zero emissões líquidas da sua frota total até 2030. Por isso, tornou-se membro fundador da EV100, uma nova iniciativa de transporte global que procura incentivar as empresas a aceitarem veículos elétricos e, ao mesmo tempo, assumiu a transferência da frota dos seus colaboradores para veículos elétricos até 2021. Como líder nacional no mercado do renting, a LeasePlan desempenha um papel importante na medida em que facilita a transição para a mobilidade de zero emissões, através da informação aos clientes sobre what’s next em veículos de baixas emissões e facilitando a adoção deste tipo de veículos com propostas atraentes para os clientes. Tendo como ponto de partida querer descobrir qual a motorização mais eficiente para cada veículo, a LeasePlan desenvolveu um estudo realizado em Portugal, de onde concluiu que mais de 50% das frotas que gere teriam uma redução de custos ao transitarem para veículos elétricos. Com base nesta análise, fica claro que existem alternativas economicamente viáveis aos motores internos de combustão. Os veículos elétricos revelam ser particularmente competitivos nos segmentos Pequeno Familiar Generalista (para quilometragens superiores a 20.000 km/ano) e Pequeno Familiar Premium (para quilometragens superiores a 35.000 km/ano); enquanto que os veículos híbridos plug-in são competitivos nos segmentos Médio Familiar Generalista (para quilometragens acima dos 20.000 km/ano), Médio Familiar Premium e Grande Familiar (ambos para quilometragens acima dos 10.000 km/ano). Para António Oliveira Martins, Diretor-Geral da LeasePlan Portugal: “através do aconselhamento especializado e da realização deste tipo de estudos, a LeasePlan quer ser o motor da mudança de comportamentos e, desta forma, apoiar a transição dos seus clientes para a mobilidade elétrica”. Como líder nacional no mercado do renting, a LeasePlan é um agente ativo na renovação das frotas, e, como tal, na contribuição para as reduções de consumo energético e de emissões de CO2, desempenhando um importante papel na defesa da adoção da mobilidade de zero.

Fonte: Jornal Económico

Adicionar comentário