Custos de construção disparam o valor do IMI

Mas o aumento do imposto só se reflete na construção nova

15 de março de 2022
Custos de construção disparam e pressionam valor do IMI
A crise económica que Portugal e a Europa enfrentam, devido à guerra entre a Rússia e a Ucrânia, pode gerar uma subida do Imposto Municipal de Imóveis (IMI), em consequência do aumento dos custos de construção, avança o «Correio da Manhã» (CM).
Segundo a mesma publicação, que cita fontes do Fisco, o custo de construção é um dos fatores que integram a fórmula de cálculo do Valor Patrimonial Tributário (VPT) sobre o qual recai o IMI, razão que explica este possível aumento.

Isto acontece numa altura em que as previsões do Instituto Nacional de Estatística (INE) são de uma nova (e maior) subida do índice de custo de construção neste mês de fevereiro, repetindo a tendência do mês anterior, em que aumentou 7,2%.

Apesar disso, adiantam as mesmas fontes ao jornal, a maioria dos contribuintes estarão protegidos, porque o seu VPT só será alterado se o município pedir a reavaliação do imóvel, em caso de venda, ou se o proprietário requerer essa avaliação.

Importa ter em conta também que o VPT é muito inferior ao valor de mercado das casas, ou seja, o aumento do imposto só se reflete na construção nova.

Fonte: multinews.sapo.pt

Adicionar comentário