Novo crédito ao consumo cai 19% em abril de 2022

Banco de Portugal publicou a evolução dos novos créditos aos consumidores

15 de junho de 2022
Novo crédito ao consumo cai 19% em abril de 2022
Em termos globais o crédito ao consumo em abril caiu 19,4% para 573,340 milhões de euros. No entanto, face a abril de 2021 ainda se regista uma subida de 6,2%.
O Banco de Portugal publicou a evolução dos novos créditos aos consumidores relativo a abril de 2022. Nela se pode ver que, ao contrário do que até aqui, em abril o crédito ao consumo caiu em todas as vertentes. No crédito pessoal caiu 23,8% para 272 milhões de euros; o crédito automóvel recuou 12,8% para 206 milhões e o crédito através de cartões e descobertos bancários autorizados desceu 19,2% para 96 milhões de euros.

Em termos de montante a maior descida mensal deu-se na locação financeira ou ALD de carros novos (-42,4%); seguida da queda da locação financeira ou ALD de carros usados (-31,2%). Na comparação anual a queda nestas modalidades de crédito é ainda maior. O montante de crédito através de ALD de carros novos recuou 54,1%. Já o valor no ALD de carros usados caiu 61,4% face a abril de 2021.

Os novos créditos sem finalidade específica caíram 24,2% em abril, mas continuam 18,5% acima do valor concedido em abril do ano passado.

Em termos globais o crédito ao consumo em abril caiu 19,4% para 573,340 milhões de euros. No entanto, face a abril de 2021 ainda se regista uma subida de 6,2%.

O número de contratos de crédito também caiu. No crédito pessoal recuou 22,3% para 38.499 contratos; No crédito automóvel foram celebrados 14.053 contratos, o que traduz uma queda de 13,6% face a março. Também no crédito por cartões e descoberto, houve um recuo no número de novos créditos aos consumidores, de 17,8% para 67.979 contratos.

Ao todo em abril celebraram-se 120.531 novos contratos de crédito ao consumo, ou seja, menos 18,8% do que em março, mas ainda 4% acima dos celebrados em abril de 2021.

Fonte: jornaleconomico.pt

Adicionar comentário